quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Os heterossexuais e a incapacidade de ver cores

Eu e meus amigos temos uma brincadeira entre nós que consiste em dizer que heterossexuais não tem a capacidade de ver cores.

O que isso significa?

Significa dizer que o homem heterossexual médio só tem a capacidade de ver branco, preto, vermelho, laranja, amarelo, verde, azul e roxo, com suas variantes entre claro e escuro (também adiciona-se a isso o vinho e o marrom).

Resultado de imagem para todas as cores

Se a pessoa olha para uma cor e diz que ela é esmeralda, fúcsia, anil, bordô, abricot, pêssego, framboesa, lilás, violeta, cobre, branco titânio, gelo, cerúleo etc, é porque ela é gay!

Resultado de imagem para cores

Naturalmente trata-se de uma brincadeira e não pretendemos com isso generalizar heterossexuais. Mas independentemente disso, podemos dizer que as pessoas comuns, não importando a sexualidade, sem muito estudo ou instrução, de fato dividem o mundo nas cores básicas e não estão muito preocupadas com nuances.

A pessoa média é extremamente rápida ao classificar as cores de forma simplista. Aquelas que têm alguma instrução para a contemplação e o detalhe, costumam ser um pouco mais precisas na classificação das cores.

Resultado de imagem para tons de vermelho

Assim, independentemente de isso ser apenas uma brincadeira, tal movimento mental reflete uma profunda sabedoria, pois assim como se deve ter certa calma ao se classificar as coisas, sem "bater o olhar e classificar", considerando detalhes e nuances, assim deve-se ter a mesma calma ao lidar com os gêneros.

Independentemente de os heterossexuais serem assim ou assado, o fato é que boa parte dos heterossexuais comuns são rápidos em classificar as coisas. Assim, na cultura popular, nasceu com pênis é homem e nasceu com vagina, é mulher. Só que o mundo é mais complexo do que isso. As pessoas manifestam uma personalidade que pode indicar nuances nessa classificação tão peremptória de ser "homem ou mulher".

Resultado de imagem para gradação de masculinidade

É bem verdade que nem todos os LGBTs tem essa capacidade de olhar nuances, mas é inegável que muitos deles têm uma maior tendência a ver tais nuances tanto nas cores quanto nos sexos e nas personalidades, na medida em que a própria existência deles está em relação direta com essas nuances que existem nas pessoas.

Jamais um LGBT vai olhar para uma criança de dois anos e concluir que ela será automaticamente heterossexual, como fazem muitos heterossexuais por aí.

Resultado de imagem para tons de azulEquilíbrio global

Dessa forma, creio que uma cultura artística de qualidade que mostre as pessoas a perceber variedades nas cores pode ajudá-las também a ver variedades nas pessoas. Não é porque algo parece vermelho, que necessariamente "é" vermelho. Às vezes ele é um tom diferente de vermelho, assim como há tons diferentes no "homem".

E vocês, o que pensam sobre isso?

Amor e Paz

Obs.: Acho que agora com o lançamento do livro "50 tons de cinza" os heterossexuais vão conseguir enxergar melhor os tons!!!

Resultado de imagem para 50 tons de cinza

Nenhum comentário:

Postar um comentário