segunda-feira, 28 de novembro de 2016

As leis de Espírito e a diversidade sexual

Em muitas correntes de pensamento, os conceitos de alma e espírito são praticamente sinônimos. No rosacrucianismo, no entanto, há uma diferença bem marcada entre as duas noções. Enquanto que para os rosacruzes a alma é uma energia anímica que está na origem da consciência e da memória, Espírito é uma energia que está na base da matéria.

Resultado de imagem para alma

A energia Espírito, segundo os rosacruzes, é uma energia cósmica que atua por meio de quatro forças principais: atração, coesão, adesão e repulsão. Essas quatro forças atuam em todo os aspectos da matéria e compõem a dinâmica de atração entre os átomos.

Resultado de imagem para energia espírito

Poucos percebem, no entanto, que podemos, filosoficamente falando, aplicar essas forças de Espírito na compreensão das relações humanas. Se é bem verdade que os átomos se atraem entre si, se repelem, formam um todo coeso ou aderem em determinadas superfícies, se é bem verdade que enquanto estamos vivemos, nosso corpo forma um todo coeso, mas quando morremos nosso corpo sofre um processo de repulsão das partículas que nos formam, também é verdadeiro que tais forças atuam de forma muito sutil no âmbito das relações humanas.

Resultado de imagem para energia espírito

A título de exemplo, há certas pessoas pelas quais sentimo-nos física ou intelectualmente atraídos. Essas duas pessoas podem formar um casal bem coeso; ou um casal cujas forças de coesão não são tão profundas. Quando uma pessoa procura uma instituição religiosa, ela está passando por um processo de adesão a uma corrente de pensamento. Também, quando um casal briga, quando você perde sua fé em alguma instituição ou decide mudar de emprego porque não aguenta mais sua profissão, está ocorrendo ali um processo de repulsão.

Resultado de imagem para adesão, coesão, repulsão atração

Quando uma determinada situação chega a um ponto de saturação, geralmente a mente passa por um processo de repulsão e sai em busca de outro caminho, procurando se atrair para outra situação que lhe é mais favorável.

Essa forma de ler o mundo e as relações humanas de acordo com os conceitos místicos aprendidos é, a meu ver, o grande pulo do gato de todo o pensamento rosacruz. Isso não quer dizer, no entanto, que tal perspectiva seja isenta de críticas. Na verdade, podemos ver que seres humanos são infinitamente complexos em sua psicologia e reduzir as relações humanas tentando encontrar alguma analogia com átomos pode ser bem perigoso e reducionista. No entanto, me parece bastante razoável crer que as forças de atração, coesão, adesão e repulsão atuam em algum nível no mais profundo de nossa consciência.

Resultado de imagem para energia espírito

Essa forma de pensar, no entanto, também enseja a homofobia de muitas formas, se interpretadas superficialmente. Isso porque, é um lugar comum na mente do homem comum, pensar que a "atração é uma união entre o positivo e o negativo; entre o masculino e o feminino". Sob essa perspectiva, as pessoas facilmente concluem que relações homoafetivas são antinaturais.

Resultado de imagem para união entre os opostos

Embora eu respeite essa conclusão, tenho uma visão um pouco mais profunda sobre a questão de que "o positivo atrai o negativo". Essa perspectiva não se refere apenas a "homens e mulheres se atraem e todo o resto é antinatural"; tampouco se refere a "a atração correta é o pênis na vagina".

Positivo aqui, é tudo o que penetra e negativo é tudo o que é penetrado, ou a tudo aquilo é receptivo. Assim, se olhados exclusivamente no âmbito sexual, em casais homoafetivos existem também os que têm uma natureza mais penetrante e os que possuem uma natureza mais penetrativa, em diferentes canais de seu corpo. Logo, uma atração entre "opostos" ainda continua existindo, embora em um nível muito mais profundo; nível esse que frequentemente escapa aos olhos superficiais da visão objetiva.

Resultado de imagem para força de atraçãoResultado de imagem para força de atração

No entanto, creio que a força de atração que surge dos "opostos" não se dá apenas num nível sexual. Quando você encontra uma pessoa que lhe dá carinho, atenção, que curte você, que te dá elogios, que vocês conversam, que tem algo para lhe ensinar, nesse momento você é a condição negativa/ receptiva e a pessoa que lhe dá tudo isso, é a condição positiva/ penetrante. O contrário também pode ser verdadeiro. Você "penetra" o outro de muitas outras formas, onde o outro será o "negativo/ penetrado" em outros aspectos da vida.

Resultado de imagem para misticismo

Neste sentido, como os seres humanos são complexos e não se reduzem apenas à genitália e nem somente ao prazer sexual, muitas formas de atração mútua, penetração/ receptividade podem acontecer num oceano de possibilidades que, nada mais é, do que os rosacruzes chamam de encontro das vibrações.

Resultado de imagem para misticismo

É também importante ressaltar que as pessoas tem diferentes forças de atração ao longo da vida. Não é à toa que tantos homens e mulheres heterossexuais possuem experiências homossexuais, mesmo sendo predominantemente heterossexuais e o mesmo ocorrendo com vários homossexuais com experiências heterossexuais.

A riqueza da força de atração parece residir justamente no caráter misterioso, indomável e inominável da cadeia de possibilidades nas quais os seres humanos estão submetidos. Muitas vezes somos atraídos por aquilo que nos falta. O desejo humano nada mais é do que a condição negativa da consciência, que parece desejar ser penetrada pela condição positiva, que se encontra no mundo.

Resultado de imagem para figuras misticas

Assim, por mais que o desejo do homem heterossexual seja "penetrar" sexualmente sua parceira, no momento em que encontra uma parceira e uma companheira, a mente dele também será "penetrada" por ela e essa atração mútua constituirá a força de coesão que manterá o casal unido. Quando essa relação de atração mútua é deficitária, parecem surgir os conflitos.

Pessoalmente, vejo que é na base das leis de Espírito e sua infinidade de possibilidades que se encontra também as bases para a diversidade sexual. Essa mania que algumas pessoas têm de achar que apenas a atração heterossexual é uma "lei natural" porque reflete o "positivo" e o "negativo" é uma forma um tanto quanto limitada de encarar a diversidade humana em toda a sua força e em todo seu esplendor.

Resultado de imagem para figuras misticas

Uma atração entre dois homens ou duas mulheres, entre um homem e um transgênero, entre um homem e uma mulher etc explicita que essa força da atração é muito mais misteriosa e infinita do que podemos pressupor.

Naturalmente, nem todas as forças de atração que as pessoas sentem são lícitas ou corretas. Pedofilia, zoofilia são questões morais delicadas. Mas tirando essas questões mais exóticas que habitam o espírito humana, quando a força de atração é exercida por adultos e de forma consentida, ela é plural.

Resultado de imagem para figuras misticas

Se nós encararmos filosoficamente, veremos que os átomos se combinam de muitas formas. E, tal qual dois átomos de oxigênio podem se unir para formar o ar que respiramos, relações entre sexos semelhantes são parte integrante da natureza.

Se a responsabilidade por isso está numa "força cósmica" cuja base é a Energia Espírito, eu não sei. Mas só sei que é bastante razoável crer nisso.

E vocês, o que pensam sobre o tema?

Amor e Paz

Nenhum comentário:

Postar um comentário