quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Deus tá vendo o que fazemos?

Quando eu era criança, ficava desesperado com a ideia de que Deus está vendo o que fazemos. E mais ainda, Deus está vendo o que pensamos. Cada tipo de impulso homossexual que eu tinha era seguido por uma espécie de negociação com Deus para que ele me perdoasse. Ainda bem que me livrei destes grilhões logo cedo, quando percebi que tal ideia era um pouco exagerada.

Resultado de imagem para DEUS TÁ VENDO

Mesmo me livrando desta forma de encarar a Deus, ainda hoje milhares de pessoas pensam Deus sob a forma de um ditador que observa constantemente o que você pensa e faz. Mas por outro lado, há milhares de pessoas que têm deixado de lado essa forma de encarar Deus.

No entanto, há outra questão que se coloca aí. Para aqueles que têm ou querem ter uma fé, se Deus não observa o que a gente pensa ou faz, qual é a relação do ser-humano para com Deus? Como se dá essa relação? Quando e como o ser-humano pode contactar Deus e como Deus se conecta ao homem? É por meio da oração, apenas? Ou é diuturnamente uma relação de observação de cima para baixo?

Resultado de imagem para DEUS TÁ VENDO

Pensar que Deus não observa nossas ações e nossos pensamentos implica numa crença em Deus em que ele está "lá" e nós "aqui". Será que é assim que funciona?

Apesar de criticar essa concepção de Deus, hoje vejo que ela é positiva no aspecto de instar os seres humanos a controlar seus pensamentos e suas ações, o que representa um contrapesa aos nossos instintos mias destrutivos que porventura possamos dar ensejo no âmbito de nossa vida cotidiana.

Resultado de imagem para deus vigilante

O que vocês têm a dizer sobre isso? Qual a relação com Deus que vocês têm?

Amor e Paz

Nenhum comentário:

Postar um comentário